De Aníbal V a 28 de Setembro de 2010 às 11:06
Ao lugar comum "Não há amor como o primeiro", juntaria outro: "O que tem de ser tem muita força".
Tal como há primeiros amores muito bons, também os há muito maus, e outros indiferentes.
Prefiro centrar as energias na melhoria contínua.

Aníbal V.

 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Email

Password


Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300


Copiar caracteres