10.5.17

Romance-SasinTipchai.jpg

Foto: Fatigued – Sasin Tipchai

 

Por alguma razão, quem melhor escreve sobre o Amor são os poetas. Porque só as mais belas palavras, metáforas e seres sensíveis originam a melhor mistura para se descrever o indescritível. Como nascer num país de poetas não faz de mim uma poetisa, apenas vou escrever o que eu sinto que é o Amor. E aqui refiro-me ao amor entre dois seres, não necessariamente Amor de casal.

 

- Amor é equilibrar o conceito de espaço. É permitir estar-se perto o suficiente para estar e longe o suficiente para ver o outro na sua totalidade, sem apego, sem forçar.

- Amor é liberdade. É permitir que o outro seja, e não quem nós queiramos que o outro se torne.

- Amor é confiança. É aceitar que o medo de perder, de ser trocado, é apenas posse pelo outro. O amor não se tem. Sente-se.

- Amor é aceitar. Aceitar o que se recebe, sem querer nada em troca, sem comparar, sem exigir. Quem ama, recebe.

- Amar é mudar. A partir do momento em que se ama alguém, não se é mais igual, pois sente-se mais amor.

 

Amar não é perder a si mesmo. Mas sim encontrar-se.

Como disse um poeta “o Amor é o encontro de duas liberdades”!

 

Sara Almeida

Link deste ArtigoPor Mil Razões..., às 07:30  Comentar

Dili | Timor-Leste

Pesquisar
 
Destaque

 

Porque às vezes é bom falar.

Equipa

>Alexandra Vaz

>Ana Martins

>Cidália Carvalho

>Ermelinda Macedo

>Fernando Couto

>Jorge Saraiva

>José Azevedo

>Leticia Silva

>Maria João Enes

>Rui Duarte

>Sandra Pinto

>Sandra Sousa

>Sara Almeida

>Sara Silva

>Sónia Abrantes

>Teresa Teixeira

Maio 2017
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
13

14
16
18
20

21
23
25
27

28
30
31


Arquivo
Comentários recentes
Ola, boa tarde. o Mil Razões está em destaque no B...
OoopsFaltou dizer que a homepage dos Blogs do SAPO...
Olá,Este blog está em destaque na homepage dos Blo...
Parece que o Mil Razões quer mesmo estar em todos ...
O amor não resolve nada. O amor é uma coisa pessoa...
Presenças
Outras ligações
Música

Dizer que sim à vida - Carlos do Carmo:

 

Dizer que sim à vida - Luanda Cozetti: